menu
Buscar por:
 
HORTOMALLAS é a tutoragem perfeita para manter as plantas elevadas do solo e, assim, evitar doenças e danos nos frutos, aumentando a vida útil (e, portanto, a colheita) da mesma planta.

Tutoragem de Hortaliças/Vegetais em Estufa e em Campo Aberto

É possivel semear com altas densidades com a tutoragem da HORTOMALLAS®

A Hortomallas apresenta este excelente artigo introdutório ao sistema de suporte/apoio e tutoragem de hortaliças/vegetais como tomates e pepinos, seja em campo aberto ou em estufa. A tutoragem (principalmente com malhas/redes) das hortaliças/vegetais procura sustentar as plantas de forma erguida (na vertical) e suportar a grande carga que os cultivos possuem quando se semeiam variedades ou híbridos de alto rendimento. Manter a folhagem e os frutos afastados do solo reduz a incidência de doenças e melhora a qualidade da produção. HORTOMALLAS® é a tutoragem perfeita para manter as plantas elevadas do solo e, assim, evitar doenças e danos nos frutos, aumentando a vida útil (e, portanto, a colheita) da mesma planta.

HORTOMALLAS® é a tutoragem perfeita para manter as plantas elevadas do solo e, assim, evitar doenças e danos nos frutos, aumentando a vida útil (e, portanto, a colheita) da mesma planta.
HORTOMALLAS® é a tutoragem perfeita para manter as plantas elevadas do solo e, assim, evitar doenças e danos nos frutos, aumentando a vida útil (e, portanto, a colheita) da mesma planta.

Que visa/procura a tutoragem nas hortaliças/vegetais.

A tutoragem permite a semeadura em altas densidades. Ao semear em altas densidades com o objetivo de obter maior produção, os talos/caules não são tão firmes que quando se semeia em baixas densidades. A tutoragem do cultivo procura suplementar a força do caule/talo principal, de modo a suportar o peso da colheita. A tutoragem é adequada para plantas de alto desempenho. Ao usar variedades ou híbridos de alta produção, a quantidade e o peso dos frutos tornam necessário complementar a resistência do caule/talo e, para isso, também é utilizada a tutoragem, o caso mais óbvio foi a semeadura de paprica como a Yolo Wonder, que resistia ao peso dos frutos por serem pequenos e com paredes finas que os tornavam frutos leves. Fazer um bom enterramento da planta foi suficiente para a mante erguida; ao mudar para os híbridos modernos, passou a se imperativo apoiar/suportar as plantas para que resistissem à grande colheita de frutos pesados, com paredes espessas, que eram produzidas; passou a ser comum os caules/talos quebrarem devido ao excesso de peso dos frutos.

A tutoragem melhora a qualidade dos frutos.

Outros cultivos, como o pepino que pode ser semeado prostrado no solo, apresentam o problema de que os frutos ao tocarem o solo produzem uma mancha verde pálida que subtrai o valor comercial, o que força a produção de frutos de qualidade e a realização do tutoramento. Ao manter os frutos afastados do solo, existe uma menor incidência de doenças que mancham e afetam os frutos.

As plantas de tomate encontram um suporte/apoio melhor quando a tutoragem é realizada em fileira dupla com malha/rede treliça da HORTOMALLAS
As plantas de tomate encontram um suporte/apoio melhor quando a tutoragem é realizada em fileira dupla com malha/rede treliça da HORTOMALLAS®

A tutoragem permite a semeadura de cultivos em determinadas épocas do ano.

O tomate, por exemplo, possui caules/talos fracos/débeis e com o peso da folhagem e dos frutos fica prostrado no solo. Na estação seca ou em áreas áridas, pode ser semeado prostrado no solo como tomates destinados ao consumo industrial, no entanto, na estação chuvosa ou quando exista o risco de precipitações é obrigatório o tutoramento do tomate, para evitar doenças como a Alternaria, a mancha cinzenta do tomate e a Phytophthora, para citar algumas, além da podridão múltipla de frutos com fungos e bactérias que prejudicam o valor comercial.

A tutoragem melhora o desempenho nas estufas.

Apesar de ter condições climáticas controladas e, assim, reduzir a presença de doenças, o cultivo em estufas exige o uso da tutoragem para tirar proveito da produção não apenas na superfície, mas também considerar o volume da estufa, justificado pelo alto custo das estufasCultivos como o melão começaram a ser semeados no solo, dentro de estufas espanholas, motivados pela disponibilidade de mão-de-obra, este não é o caso em nossos países latino-americanos.

A tutoragem gera emprego no campo.

As hortaliças são consumidoras de mão-de-obra, principalmente devido à necessidade de podar e fazer a tutoragem nos cultivos. O cultivo do tomate precisa de mais mão-de-obra do que um cultivo de repolho, pelo fato de precisar de ser podado e tutorado.

A malha treliça HORTOMALLAS® permite o crescimento natural das plantas, sem muita manipulação.
A malha treliça HORTOMALLAS® permite o crescimento natural das plantas, sem muita manipulação.

No estado da Califórnia, nos Estados Unidos, o tomate é cultivado prostrado no solo, a semeadura e acolheita são mecanizadas, o que torna a produção do tomate mais barato do mundo, apesar de ser um dos países com o custo de mão-de-obra mais cara do mundo.

Técnicas de tutoragem:

No cultivo de inhame e vagens, ou feijoeiros trepadores, a planta é enredada em uma safra de milho que é semeada de maneira associada; é assim que, em um conuco, é permitido o uso de cana de milho para estes cultivos treparem, com um custo mínimo. O uso de pólos/varas, tubos de metal e até mesmo estantes de concreto são utilizados em campo aberto para apoiar/suportar outros cultivos. Dentro das estufas de casas profissionais, o design mecânico da estrutura contempla as cargas de vento e chuva, mais o peso do cultivo, é por isso que a própria estufa serve como um tutor para o cultivo. Nas estufas artesanais, é estipulado que o suporte do cultivo seja feito independentemente da estrutura da estufa, que geralmente é mais fraca/débil. Os tutores têm arames ou cabos onde se amarram/seguram os cultivos, no estado Lara, na Venezuela, se estila usar pólos de cana horizontais que substituem o arame para apoiar o cultivo.

A tutoragem de pepino com malha/rede treliça é mais recomendável para proporcionar melhor suporte/apoio ao cultivo.
A tutoragem de pepino com malha/rede treliça é mais recomendável para proporcionar melhor suporte/apoio ao cultivo.

Para amarrar o cultivo, é utilizado cordel, que pode ser feito de plástico sintético com ou sem resistência aos raios ultravioleta ou cordel vegetal extraído de plantas da família das Agaváceas. O cultivo do maracujá e da uva podem ser feitos com tutorados (trojas – travação construída com estacas) onde os arames cruzados, unidos horizontalmente, sustentam o cultivo que se desenvolve acima desses arames, tal como fazem da maneira tradicional no sul do lago de Maracaibo, na Venezuela, no entanto, a técnica da treliça vertical é cada vez mais utilizada, dado que produz melhores rendimentos e permite a mecanização do cultivo. No caso da uva, todas as semeaduras modernas já são feitas com treliças verticais, com vários arames/fios que permitem a condução dos caules/talos e ordenam o cultivo.

A malha/rede treliça para a tutoragem:

Faremos um artigo especial sobre a malha/rede treliça que produz tantos benefícios ao cultivo e economia à mão-de-obra. É usada em tomatepimentão, inhame, abóbora, maracujá, pepinopicles e vagens trepadoras. No caso do cultivo do maracujá, o tempo para começar a colheita é reduzido e no caso do pimentão e do tomate, com metade da mão-de-obra, o cultivo é feito.

Gavinha de Cundeamor (melão amargo) usando malha/rede treliça para sua tutoragem.
Gavinha de Cundeamor (melão amargo) usando malha/rede treliça para sua tutoragem.

Neste documento, fizemos uma revisão geral das técnicas de tutoragem, você pode utilizar a mais conveniente para seu sistema de produção e a disponibilidade de recursos; para receber conselhos neste sentido, recomendamos que você visite nosso programa de assistência técnica on-line, se tiver alguma dúvida, não hesite em nos escrever.

comentarios (0) Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cuadro verdeCategorias