menu
Categories
 

“Estudo Comparativo de Três Densidades de Plantação de um Híbrido de Pepino com Duas Classes de Tutoria e malha treliça”

Tutoria com malha/rede treliça

tutoramento
HORTOMALLAS aumenta a qualidade e quantidade do produto, neste caso, o pepino, elevando o fruto do solo, evitando manchas e reduzindo o uso de agroquímicos e mão-de-obra

Apresentamos este estudo como representante dos benefícios da malha treliça HORTOMALLAS no cultivo de pepino em vez do antigo sistema de ráfia

rafia hortomallas malla soporte espaldera entutorado cultivo pepino y pepinillo
Nesta imagem, pode apreciar a malha/rede HORTOMALLAS estendida num campo de pepinos como suporte e treliça do cultivo como substituto do tutoramento com ráfia

O presente trabalho de investigação teve como finalidade o estudo comparativo de três densidades de plantação num cultivo de pepino, cuja semente é um híbrido de nome ATAR 436 da Companhia HAZERA de origem Israelense; além disto, conta com dois sistemas de elevação ou tutores como a malha/rede plástica de tutoria e com uma corda; esta investigação teve uma duração de aproximadamente 90 dias. A conceção estatística utilizada foi a de Blocos Aleatórios, com resolução fatorial A x B que dão 6 tratamentos que em 3 repetições ficam 18 parcelas. A área total utilizada no ensaio foi de 540, cuja unidade experimental teve uma superfície de 30. No factor densidade, foram utilizadas distâncias entre plantas de 0.2m, 0.3m e 0.4m, dando uma densidade de 33.333,3 plantas / ha, 22.222,2 plantas / ha e 16.666,6 plantas / ha respectivamente.

……………………………………………………………………………………………………………………………..Para controlar a investigação, se procedeu primeiro à mecanização do solo (arado e grade aradora), depois foram retiradas as amostras do solo para serem analisadas. Após isto, o sistema de irrigação (mangueiras), o qual foi instalado por sistema de gotejamento. Ao mesmo tempo, trabalhamos em um viveiro na elaboração de um canteiro de sementes com bandejas germinadoras de plástico com um total de 1300 sementes, as quais foram transplantadas 15 dias após a semeadura. Esteve pendente de manutenção como retirar ervas daninhas, fertilização, controles fitossanitários, etc. Medições periódicas foram realizadas, tanto da altura da planta como do diâmetro e comprimento do fruto e, os pesos de cada tratamento foram registados para o cálculo da produção. No termo desta investigação e tomando todas as análises correspondentes, podemos concluir que o tratamento três (a3b1) correspondente à densidade da plantação 1.5m x 0.4m (16666.6 plantas / ha) e com a tutoria feita com a malha/rede plástica foi o melhor resultado.

Paul Rafael Velasco Quezada

http://www.dspace.espol.edu.ec/handle/123456789/14631

mais informações aqui:

Foto-Galería de Pepino

Link “Trackback” a partir da sua web.

comentarios (0) Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cuadro verdeCategorias